Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Faciais

Cirurgia Buco Maxilo Facial

Cirurgia buco-maxilo-facial é a especialidade da odontologia que executa procedimentos cirúrgicos no ambiente da clínica odontológica e em ambiente hospitalar.
São procedimentos que visam à harmonia da face e o bem-estar funcional do cliente.
Os procedimentos mais conhecidos são: extração de dentes, extração dos sisos e cirurgia ortognática.

Cirurgia Ortognática

A Cirurgia Buco-maxilo-facial busca corrigir falhas dento-faciais causadas devido ao posicionamento insatisfatório das arcadas dentárias e demais ossos da face em relação à base do crânio, interferindo na aparencia estética dos pacientes (face) e comprometendo o funcionamento da mastigação.
Estas falhas classificam-se em Micrognatismo, onde a mandíbula é menor do que a maxila e Prognatismo, onde a mandíbula é maior do que a maxila. Há indícios de que uma das causas do ronco noturno seja o micrognatismo. Tanto a cirurgia buco-maxilo-facial quanto a cirurgia ortognática são realizadas em ambiente hospitalar, sendo o período de internação desta última menor em relação ao da primeira.
O uso de aparelho ortodôntico fixo é fundamental para resultados obtidos neste tipo de tratamento.
Portanto é indicado o uso de ortodontoia fixa em média 12 meses antes da realização da cirurgia ortognática de reposicionamento maxilo-mandibular.
Após a cirurgia, o aparelho ortodôntico é removido em média após 6 meses, finalizando o tratamento ortodôntico combinado com cirurgia ortognática.
Tais deformidades dento-faciais provocam alterações na estética facial, mastigação, respiração e fala.
Os benefícios da cirurgia são muitos, com o reposicionamento da mandíbula, melhoria na mastigação, redução dos problemas da ATM e melhoria na estética.

Quando a cirurgia ortognática é indicada:

  • Aparência facial desarmônica.
  • Defeitos congênitos ou sequelas de trauma na face.
  • Queixo pequeno ou retraído.
  • Queixo grande ou protuído.
  • Queixo desviado para um dos lados.
  • Incapacidade de fechar os lábios sem esforço muscular.
  • Respiração bucal crônica.
  • Dor crônica na ATM e cefaléias.
  • Síndrome da apneia obstrutiva do sono.

O Tratamento ortodôntico é associado para preparo dos dentes, possibilitando a realização da cirurgia ortognática e conquistado a estética facial e função mastigatória harmônica.